Google Remarketing | Clínica GrafGuimarães
Mastopexia: conheça a cirurgia que está em alta entre artistas | GrafGuimarães
Blog

Mastopexia: conheça a cirurgia que está em alta entre artistas

Você certamente já ouviu falar sobre a cirurgia de redução das mamas, muito comum quando o tamanho dos seios é incompatível com a composição corporal da mulher e em alguns casos causa até dores e outros problemas nas costas. Mas você sabia que também é possível realizar a cirurgia de levantamento de mamas? Geralmente ela é indicada para mulheres que têm seios caídos e flácidos e que, a médio e longo prazo, acabam causando problemas de autoestima.

Neste artigo vamos tirar as principais dúvidas sobre a mastopexia, cirurgia plástica que faz o levantamento dos seios caídos. Saiba quando está indicada e quais são os resultados da mastopexia.

O que é a mastopexia

A mastopexia é uma cirurgia que tenta reverter o caimento natural dos seios, fazendo o reposicionando da aréola e da pele e elevando as mamas até sua posição original, proporcionando, assim, simetria e uma composição corporal mais bonita.

Mas não se assuste com o nome. Apesar de “mastopexia” ser um pouco incomum, podemos encontrar alguns sinônimos para esse tipo de cirurgia: mamoplastia ou lifting de mama.

Para quem é indicada

A cirurgia de levantamento de mamas é indicada para aquelas pacientes que:

– têm seios caídos e flácidos;

– que têm as mamas caídas em função do envelhecimento, peso ou até mesmo por causa da amamentação;

– que sentem dificuldade em realizar atividades básicas do dia a dia justamente pela posição dos seios;

– que têm irritação da pele abaixo do sulco da mama.

Como é feita a cirurgia

Na cirurgia para levantamento das mamas são feitas incisões ao redor do mamilo e também podem se estender até à dobra da mama, mas as marcas ficam bem escondidas no sutiã. É feita a remoção cirúrgica do excesso de gordura, do tecido glandular e de pele, e o reposicionamento do tecido mamário para dar um novo contorno à mama.

A técnica utilizada para reduzir o tamanho dos seios é determinada pelo cirurgião, que vai levar em conta as particularidades anatômicas, a composição da mama, entre outros quesitos.

Pós-operatório

A paciente que realiza a cirurgia de redução de mama tem alta rápida, já no dia seguinte ao procedimento. Os resultados da cirurgia são vistos imediatamente, e com o passar dos dias o inchaço diminui.

A utilização de sutiãs pós-cirúrgicos é fundamental para que a recuperação se dê da melhor maneira possível, além de auxiliar na sustentação dos seios e reduzir o inchaço. Pelo menos nos 30 primeiros dias deve ser feito o uso do sutiã específico para pós-operatório. De 30 a 60 dias a paciente pode utilizar qualquer sutiã sem arames e que ofereça boa sustentação. Mas o importante é seguir à risca as orientações médicas e consultar o especialista se houver dúvida na escolha da peça.

Na primeira semana pós-cirurgia a paciente não deve elevar muito os braços nem fazer grandes esforços. O retorno às atividades físicas deve ser feito, em média, após um mês de cirurgia, sempre com orientação do cirurgião.

“Está caindo”

Em março deste ano, a funkeira Jojo Todynho revelou que perdeu 14kg e que deseja fazer uma cirurgia para levantar os seios. “Vou dar uma levantada (…) porque está caindo, e eu não posso ficar com o peito lá no chão, né?

>> Dúvidas sobre cirurgia para levantar as mamas? O dr. Carlos Alberto Preto Guimarães responde as principais dúvidas neste vídeo: clique aqui e assista.

Com informações: Extra.globo.com 

ENTRE EM CONTATO
Quer marcar uma consulta de avaliação? Ficou em dúvida
sobre algum procedimento? Entre em contato conosco!
+55 41 3363-3009
Av. Senador Souza Naves, 1025 – Alto da XV,
Curitiba – PR
Estacionamento gratuito.


contato
×