Google Remarketing | Clínica GrafGuimarães

Blog

Técnica FUE para implante capilar: Saiba se você é um paciente indicado para o tratamento

O transplante capilar é tido hoje como uma solução muito efetiva para problemas relacionados à perda de cabelo, e ele de fato pode ser. Este procedimento pode ter resultados incríveis se for adequado para seu tipo de calvície e principalmente sendo realizado por profissionais qualificados.

Somente através da análise médica poderá ser dito com propriedade se o implante capilar é a melhor solução para o caso apresentado, porém existem alguns fatores e tipos de falta de cabelo que propiciam mais ou menos a realização do procedimento. Algumas técnicas também exigem uma maior quantidade de fatores a serem respeitados, como com a Técnica FUE, existe uma modernização em padrões estabelecidos por técnicas antigas. Com ela, não há mais a necessidade de ter uma boa flexibilidade do couro cabeludo, já que em contraponto das técnicas anteriores não ocorre mais a retirada de um fuso capilar inteiro para o transplante.

Agora uma característica necessária para a área doadora dos folículos é que possua um maior adensamento capilar, para que mesmo com a retirada a área permaneça com uma quantidade razoável de cabelos.

Outro fator que influencia muito na hora da escolha de realizar ou não o implante capilar é a especificidade da calvície. Alguns tipos como casos de Alopecia Cicatricial inativa há mais de um ano, são próprios para o procedimento, assim como calvícies que já estacionaram, pessoas com tipos específicos de Alopecia Androgenética e pessoas que sofreram perda permanente não relacionadas a causas hormonais. Para todos esses casos, pode-se realizar o tratamento capilar cirúrgico através da técnica FUE, para obter um melhor resultado.

Como já dito anteriormente, essa nova técnica se difere das antigas por inúmeros fatores, o principal deles é por ser considerada como um procedimento menos invasivo, já que não são realizados cortes extensos, mas sim a retirada dos folículos capilares através de punchs circulares de 0,8 mm a 1,0mm. Na FUE outro diferencial são as cicatrizes quase imperceptíveis e o maior adensamento, já que é possível colocar um maior número de folículos por cm ².

Apesar de alguns casos serem mais propícios para passar pelo tratamento, o mais indispensável sempre é a avaliação de um profissional realmente qualificado e especializado na área. Outro fator a se observar é a clínica em que será realizado o procedimento, pois é necessário escolher com cuidado um ambiente que tenha suporte físico, técnico e profissional para obter um resultado verdadeiramente eficiente.

ENTRE EM CONTATO
Quer marcar uma consulta de avaliação? Ficou em dúvida
sobre algum procedimento? Entre em contato conosco!
+55 41 3363-3009
Av. Senador Souza Naves, 1025 – Alto da XV,
Curitiba – PR
Estacionamento gratuito.


contato